Cuide primeiro de você

Para cuidar bem da sua criança especial…

 

…cuide primeiro de você.

 

Pode parecer estranho dizer isso, ou até soar impossível (já que mães e pais especiais têm tantos compromissos), mas continua sendo verdade: para cuidar bem da sua criança especial, cuide primeiro de você. Para dar alguma coisa a alguém, primeiro você precisa tê-la. Para cuidar, é preciso também:

 

  • se cuidar
  • se deixar cuidar
  • ser cuidado

 

É preciso haver equilíbrio e bom senso sempre, claro. Ninguém aqui está falando para deixar de atender uma necessidade da criança para satisfazer caprichos… A questão é encontrar justamente o equilíbrio entre as renúncias e adaptações que a mater/paternidade especial exige e o cuidado de si mesmo, o próprio desenvolvimento pessoal e a boa harmonia familiar.

 

Isso tudo reflete na sua criança especial, pode ter certeza. Aqui em casa, aprendemos isso a duras penas. Nunca vamos esquecer de um dos períodos em que a saúde do nosso filho Paulo mais nos preocupou: aconteceu exatamente num período em que estávamos enfrentando um grande problema. Aprendida a lição, passamos a cuidar, de forma ATIVA (em vez de “reativa”) do nosso fortalecimento pessoal e familiar.

 

As crianças sentem os efeitos do bem estar (ou o inverso) de seus pais. Não é o único fator, nem quer dizer que a culpa por algo específico seja dos pais, mas, sim, isso importa para a criança (embora ela não saiba nomear).

 

Se você quer conseguir cuidar bem da sua criança, se quer conseguir prover os estímulos que seu filho especial necessita, tenha certeza de uma coisa: o primeiro passo é cuidar de si e do ambiente dentro de casa.

 

Como começar a fazer isso? Leia nosso ebook: https://materpaterplus.com.br/tenho-uma-crianca-especial-e-agora/ . Nele, mostramos três passos práticos para ter fortalecimento pessoal e familiar ao criar filhos com necessidades especiais.

 

Compartilhamos o método que desenvolvemos e que trouxe ótimos resultados aqui em casa não só para lidarmos com as questões de diagnóstico, mas também com outros desafios com os filhos.

 

Clique aqui (https://materpaterplus.com.br/tenho-uma-crianca-especial-e-agora/) para receber gratuitamente no seu email e depois conte pra gente o que achou 😉

Queremos ouvir sua opinião ;-)