Sobre o filme EXTRAORDINÁRIO

Quem aí viu o filme “Extraordinário”? Se viu, gostou?

 

É um filme pra toda mãe e pai especial assistir.

 

Aqui assistimos no feriado, com nossos três pequenos. É bem verdade que o Paulo e o Matheus estavam mais interessados na pipoca, mas tudo bem.

 

Eu gostei do filme. Até deu aquele nó na garganta em muitas partes, confesso! Também me fez pensar em muitas situações pelas quais eu, como pai especial, já passei ou ainda devo passar.

 

Uma situação muito concreta me chamou a atenção no filme: o fato de todas, TODAS as pessoas mostradas na história estarem necessitadas de cuidados. O protagonista  (o garoto August, que tem uma deformidade no rosto e já passou por 27 cirurgias) tem suas necessidades de forma mais evidente. No entanto, vemos que todos na história estão precisando de cuidados, talvez de outros tipos: emocionais, profissionais, etc.

 

Isso me fez lembrar de algo de que falamos na Live da última quarta-feira: o que você entende por “cuidar de si mesmo?”

 

É ter tempo para um lazer? Para dormir mais? Sim, tudo isso é importante. Mas será que é só isso? Será que cuidar de si mesmo não inclui também algo mais permanente, como um sonho ou projeto?

 

No filme, a personagem de Julia Roberts só volta a dedicar-se a alguns de seus planos após certo tempo. A irmã do protagonista também tem seus projetos, mas sente-se inicialmente sem espaço para dividi-los com a família, que andava tão preocupada com o filho especial.

 

E você? Tem sonhos e projetos ou acha que isso já não tem espaço na sua vida após a chegada da sua criança especial? Que tal ver que é possível conciliar tudo isso?

 

Assista ao replay da nossa Live enquanto ainda está no ar. O tema foi: “Correr atrás dos nossos sonhos após a chegada de um filho especial: é possível?”

 

Para acessar, acesse www.youtube.com/c/materplus

 

A Live ficará disponível até terça, dia 6/11. Dá tempo de ver e compartilhar 😉 Depois conta pra gente o que achou!

Queremos ouvir sua opinião ;-)