Programa Online VOE PARA O PLUS

O primeiro e único curso online totalmente voltado para mães e pais de crianças com necessidades especiais

Perceber que nossa criança não se desenvolve como as outras pode trazer muitas dúvidas aos pais. A notícia de um diagnóstico (como autismo, paralisia cerebral, epilepsia, alguma síndrome ou enfermidade) pode trazer alguns medos também.

É compreensível que nos sintamos "sem chão" após a notícia de um diagnóstico. Mas...

Se falta o chão, que tal aprender a voar?

É possível, sim, que mães e pais consigam cuidar de si mesmos, da criança, da família como um todo e das demais áreas da vida.

Acreditamos que isso é possível porque, desde 2014, quando nasceu nosso primeiro filho (Paulo), vivemos inúmeros desafios, alguns muito graves. Em todos os casos, fomos encontrando maneiras de solucionar ou amenizar os problemas.

Estamos aqui para compartilhar tudo isso com você porque a gente discorda com todas as nossas forças daquela imagem de que “filho especial é peso ou é problema”. Não! Não é! E queremos conversar com você sobre isso porque temos certeza de que vai fazer diferença na sua vida.  Afinal...

Desde que você se tornou mãe ou pai, você ganhou não somente um bebê, você ganhou uma nova vida. A rotina muda, os planos mudam… 

Após a notícia de um diagnóstico, a sua vida também já não é mais “comum”. Você já tem uma realidade fora do que é comum, fora do ordinário (ordinário = comum).

Se você já tem uma vida extraordinária no sentido de ser “fora do ordinário”, você tem todas as condições de ter, também, resultados extraordinários na vida pessoal e familiar, muito melhores do que aqueles que você tinha antes de ter filhos.

Um pouco da nossa história

Pode ser que a gente não se conheça pessoalmente, mas, se a sua criança tem o desenvolvimento diferente do que era esperado, provavelmente temos muitos pontos em comum.

 

Independente de diagnóstico, de dinâmica familiar ou de qualquer outra coisa, a verdade é que vivemos desafios muito parecidos.

Em 2014, depois de muitos anos tentando engravidar, nasceu nosso primeiro filho, o Paulo. A gestação correu dentro da normalidade e escolhemos fazer parto normal. No entanto, para nossa surpresa, no momento do parto, tudo saiu diferente. Foi um parto normal meio “anormal”, hehe!

Estávamos muito bem assistidos por um médico experiente, mas, mesmo assim, nosso filho sofreu uma grave anóxia, ou seja, ele ficou sem oxigênio por cinco minutos. Aqueles cinco minutos mudaram toda uma vida.

Ele nasceu sem chorar, completamente apagado e foi imediatamente levado à UTI neonatal. Na UTI, nos explicaram que o caso dele era muito grave. O prognóstico era que ele não andaria, não falaria, não se alimentaria sozinho. Você pode imaginar como nós ficamos?

Logo percebemos que a nossa vida seria diferente do que havíamos imaginado. Ficamos agitados, sem saber muito bem o que esperar do futuro. Eram muitas incertezas. No fundo, o que mais desejávamos naqueles momentos tão difíceis era uma luz no fim do túnel, sabe? Algo que nos mostrasse que, mesmo com tantos desafios, conseguiríamos ser felizes e ficar bem.

Mas...como isso seria possível? Na época, não conhecíamos ninguém que tivesse vivido algo parecido. Aquilo tudo era muito novo para nós. Os médicos e enfermeiros nos falavam de neuropediatra, fisioterapia, tratamentos… e aquilo tudo era uma novidade imensa para nós. Parecia outro mundo. Como iríamos dar conta de tantas terapias? Como seria nossa relação de pais com ele? Conseguiríamos levar uma vida feliz?

Foi aí que nos lembramos do porquê escolhemos o nome PAULO para nosso filho. Não foi só porque é um nome bonito, hehe. Foi porque a Kerol, quando era adolescente, tinha uma agenda (daquelas cheias de frases e poesias, sabe?) que continha a seguinte frase:

“Aprendi a estar alegre em qualquer situação

em que me encontre.”

E embaixo vinha o nome do autor, assim:

Apóstolo Paulo

Essa frase nos fazia pensar: que negócio é esse de encontrar alegria em qualquer situação? Qualquer uma mesmo??? Será que funciona com a gente? (kkkk)

Como reagimos

Foi aí que a agitação e os medos deram lugar à esperança e até animação pela vida nova. Fizemos o seguinte:

1

Decidimos nos cuidar também

Pra começar, tomamos a decisão de cuidar não só do nosso filho, mas também de nós mesmos. Afinal, ninguém dá o que não tem. Se você quer prover bem estar, atenção e cuidado para sua criança, você precisa estar minimamente bem para conseguir fazer isso.

2

Fizemos cursos

Em segundo lugar, passamos a aplicar tudo o que já havíamos estudado em cursos de relacionamento conjugal e orientação familiar que havíamos feito nos anos anteriores. Havíamos nos casado em 2007 e só conseguimos ter nosso primeiro filho em 2014. Ou seja, foram quase sete anos fazendo cursos e formações que, sem sabermos, estavam nos preparando para uma das grandes mudanças da nossa vida: a mater/paternidade atípica. 

3

Criamos nossas soluções

Em terceiro lugar, passamos também a criar nossas próprias estratégias. Vimos que era necessário adaptar muitos desses ensinamentos para a nossa realidade de “mãe e pai especial”. Aliás, você sabia que ao redor do mundo existem cursos de orientação familiar, mas quase nunca se incluem as necessidades das famílias que convivem com deficiências? Pois é! Ouvimos esta afirmação no curso Best Start in Life, sobre primeira infância e desenvolvimento sustentável, da Universidade de Nova Iorque e Universidade de Harvard. Ficamos surpresos ao saber disso, afinal, somos milhões ao redor do mundo! Como podemos ficar tão de lado? 


Saber disso nos motivou ainda mais a fazer o Mater & Pater PLUS e a criar o Programa Online VOE PARA O PLUS. Modificamos toda a nossa vida e as nossas prioridades para conseguirmos nos dedicar a este trabalho, que tem por objetivo ajudar mães e pais de crianças com deficiência a se cuidarem, a se sentirem mais fortalecidos, a encontrarem soluções para seus desafios -- tudo isso enquanto educam suas crianças de maneira afetuosa, respeitosa, firme e leve ao mesmo tempo.

Sabemos o quanto esta jornada pode ser solitária e o quanto alguns desafios são dolorosos. Sabemos, também, das dificuldades práticas. Sabemos que, se temos tantas questões em comum, podemos encontrar soluções comuns também.

Compartilhar isso com você traz, para nós, um propósito muito grande que nos faz ver que nossas dores não são somente dores. Elas podem, de verdade, transformar a sua vida e a vida da sua criança.

Quer vir com a gente?

Estamos aqui caso você queira nossa companhia e ajuda para viver esta nova fase da sua vida. Não conhecemos ainda a sua história, mas talvez um dia você já tenha sentido que mesmo pessoas próximas (como familiares e amigos) não entendem sempre sua realidade.

As pessoas da sua convivência podem ter boa vontade, podem ter empatia, podem até ter conhecimento técnico (como os terapeutas e médicos), mas há situações que só são 100% compreendidas por quem já passou pela experiência.

Por este motivo, muitas mães e pais de crianças com necessidades especiais continuam se sentindo solitários. Outros podem se sentir sem ânimo ou sem força para dar à criança os tratamentos de que ela precisa. Podem, inclusive, deixar passar muito tempo até encontrar e começar as terapias, e isso tem um custo muito alto! Afinal, quanto mais cedo começarem os estímulos, melhores as chances de progresso da criança.

Quando a mãe e/ou o pai não recebe orientação e acolhimento, os riscos são muitos: perde-se tempo de tratamento, demora-se a encontrar um jeito de organizar a vida pessoal e familiar considerando os novos compromissos, etc. Em alguns casos, quando se dá conta de tudo isso, pode ser até tarde demais, e daí bate um desânimo ainda maior, de ver que a nossa vida não está no nosso controle, que a gente se deixou de lado, etc. 

Não precisa ser assim.

Vamos fazer diferente?

Sim, acreditamos que dá pra fazer diferente. Acreditamos que é possível transformar os desafios da mater/paternidade em um PLUS na vida. (Daí o nosso nome: Mater & Pater PLUS).


Ter esta certeza não significa que tudo seja fácil. Ninguém tem poção mágica para fazer os problemas desaparecerem. É um processo, uma jornada de transformação que deve abranger a nossa vida como um todo, pois não somos somente mãe ou pai. Somos também filhos, esposa, marido, colega, profissional. Somos pessoas. Somos seres humanos completos.   


Por isso, convidamos você a conhecer o nosso Programa Online VOE PARA O PLUS. Queremos te ajudar a fazer da sua mater/paternidade a experiência mais marcante e transformadora da sua vida -- mesmo que a sua realidade seja muito diferente do que você havia sonhado.

 

Nem conhecemos a sua criança ainda, mas já podemos afirmar: ela pode te fazer voar alto na vida, trazendo um PLUS, uma transformação em várias áreas da sua realidade.

Como podemos te ajudar

Programa Online VOE PARA O PLUS 


O Programa Online VOE PARA O PLUS vai te possibilitar:

 

  • ver que você não está sozinho nesta jornada;

  • dividir seus desafios e dores com quem entende e também vive esta realidade;

  • receber orientações de quem, além de percorrer a mesma jornada, encontrou soluções e estratégias que trouxeram benefícios expressivos no âmbito pessoal, familiar e no desenvolvimento da criança;

  • vislumbrar novas possibilidades de presente e futuro.

Tudo isso terá grande impacto no desenvolvimento global da sua criança. Afinal, ela precisa não apenas de terapias e tratamentos, mas também de um ambiente familiar harmonioso e amoroso para se desenvolver.  

O que o curso traz 


Após participar do Programa, você:


  • terá condições de organizar sua vida pessoal e familiar, cuidando melhor de si mesmo, da sua criança, da família como um todo e das demais áreas da vida.
  • estará mais consciente de suas emoções, reações e pensamentos. Ou seja, o curso traz autoconhecimento e amadurecimento, que ajudará na vida pessoal, no casamento, no trato com os filhos, no trabalho, etc.
  • terá mais conhecimento para criar seus filhos, tenham eles deficiências ou não.
  • terá melhores condições de fomentar uma convivência saudável entre sua criança e os coleguinhas da escola ou vizinhança;
  • saberá conviver melhor com amigos e familiares que não vivem a mesma realidade, e isso pode evitar desgastes, mal-entendidos, mágoas, etc. 

Importante dizer: os benefícios não vão ficar só dentro da sua casa. Sempre que fazemos algo, é como se jogássemos uma pedra num lago e fossem se formando vários círculos em volta, cada vez maiores. Os benefícios do Programa Online VOE PARA O PLUS vão também impactar a vida das pessoas ao seu redor. Quer saber como? 

1.

Sua criança será beneficiada pois terá como cuidador uma pessoa mais tranquila, mais feliz e mais capacitada para cuidar dela. Isso terá impactos em seu desenvolvimento global pois, segundo Jack Shonkoff, da Universidade de Harvard, as experiências que a criança tem com seus primeiros cuidadores na primeira infância têm impacto na arquitetura do cérebro e no futuro desenvolvimento desta criança.


Portanto, um ambiente saudável dentro de casa é importante não só para a saúde emocional da criança, mas também para a sua saúde global. 

2.

Os profissionais que atendem a criança (terapeutas, médicos, psicólogos, professores e tutores) também sentirão os efeitos positivos trazidos pelo Programa Online VOE PARA O PLUS.


Afinal, o trabalho desses profissionais não se faz sozinho. Os resultados e os progressos da criança dependem também da atuação da família: se levam a criança às terapias, se não desistem no meio do caminho dos tratamentos; se estimulam a criança em casa; se conversam com os profissionais, etc. 

3.

Os familiares mais próximos serão beneficiados pois sentirão os efeitos de se conviver com mães e pais mais leves e felizes, que saberão lidar melhor com os desafios.


Todos temos obstáculos na vida. Saber enfrentá-los sem transformar a vida dos demais num vale de lágrimas é algo que faz diferença!

4.

Os amigos e conhecidos, pouco a pouco, saberão conviver melhor também. Aqui entre nós: alguns amigos se afastam por não saberem como se portar diante da nossa criança. Em muitos casos, a falta de uma comunicação clara faz com que certos mal entendidos aconteçam. Com isso, amizades se esfriam, contatos se perdem... Não precisa ser assim.


O Programa VOE PARA O PLUS pode ajudar a manter e fortalecer laços de amizade e bons contatos entre famílias com e sem filhos com deficiência. Não se trata de milagre, até porque cada pessoa tem a sua liberdade, mas de considerações que podem ajudar muito na convivência social. 

Os efeitos positivos começam a ser sentidos já no curto prazo, afinal, o simples fato de a mãe/pai tornar-se mais leve, tranquilo e, ao mesmo tempo, mais comprometido com o progresso da criança, já trará resultados.

O impacto mais poderoso de todos, no entanto, virá no médio e longo prazo. Como estarão todas essas pessoas acima citadas daqui a 5 anos? Daqui a 10 anos? 20? 30? Como você quer que elas estejam? 

Da nossa ação agora, dependem muitas coisas grandes. O pequeno passo de agora é a base para as vitórias que queremos no futuro.  

“O pequeno passo de agora é a base

para as vitórias que queremos no futuro.”

Essas vitórias podem ser visíveis (como uma habilidade conquistada pela criança) ou invisíveis (como uma felicidade maior na família apesar dos desafios).

Se você se interessou e quer ser avisado de quando houver uma próxima turma, envie-nos uma mensagem pelo formulário de contato que está aqui no site, lá no menu superior. Respondemos todas as mensagens e te avisaremos quando abrirmos inscrições novamente.  😉

%d blogueiros gostam disto: